Poesias

FOME



FOME
(poema vencedor do VI Prêmio Salzano Vieira da Cunha de Poemas – Jornal do Povo)


Ventos rondam minhas proximidades,
percorrem meus relevos
e penetram surdamente...

...no silêncio das minhas palavras,
onde encontram sossego
e descobrem a poesia secreta
que sacia a minha fome.

Marion Cruz


Cadastre-se para receber dicas, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "432611" no campo.